sem título

poucas
g  o
  t  a
      s
c
  a
   i
   n
  d
o

são

  g
   ri
     m
      as

     mas
     também
amor
    es

(scs, 29713)

sem título

Quisera não ter mais
o sorriso que não é meu,
a lágrima de quem me esqueceu,
a notícia triste dos jornais.

Mesmo assim, e como não,
ter, ainda, um sorriso e não outro,
verter a lágrima por ser aquele,
dizer as boas-novas e deixar-me ir.

(scs, s/d)

insiste

começaria um novo dia
se um novo dia nascesse

e poderia o sol aquecer
o dia se o sol quisesse nascer

a lágrima deixaria de correr
se a tristeza deixasse de ser

mas o novo dia nasce sem sol
e como antes a tristeza

navega nas lágrimas
e insiste em ser

(scs, 281111)

A rosa

a rosa
caída
na calçada
é poema
que a chuva leva
a mão
pequena
molhada
das lágrimas
que olhos tristes
choviam
colheu
a rosa
trazida por
outra chuva
e os olhos
sorriram
com o poema
entre as mãos

(mc, 2589)

a rosa

a rosa
caída
na calçada
é poema
que a chuva leva

a mão
pequena
molhada
das lágrimas
que olhos tristes
choviam
colheu
a rosa
trazida por
outra chuva

e os olhos
sorriram
com o poema
entre as mãos

(publicada em 26.10.09; atualizada em 11.2.18)