há muito tempo

uma vez,
uma estrela sorriu,
a menina chorou,
uma onda rugiu
e o menino consolou
a menina e a levou
de volta pra casa.
e a estrela, de novo,
sorriu.

(scs, 30412)