As imagens que ilustram os textos foram achadas na internet. Muitas delas foram colhidas apenas para minha vasta coleção de papéis de parede; por isso, quando as uso, não indico autor, pois não tive o cuidado de guardar sua fonte. Perdoem-me. Não quero ferir os direitos autorais de ninguém. Se você for o dono de qualquer imagem (ou souber de onde ela veio), eu identifico você ou a tiro (não em você, claro), sem problemas.

Em princípio, não uso as regras do tal acordo ortográfico. Só uma ou outra, as que fazem sentido. Aqui, trema, hífens e acentos permanecem. Até 2012 não poderei ser preso por isso. Estou tranqüilo.

Acréscimo: talvez nos livros que publicarei por meio de editoras terei de me submeter ao tal acordo. Contrariado, protesto!

Print Friendly, PDF & Email

A impressão de sua alma a esse poema: