sem título

na manhã sorridente
se escondia um dia feliz,
tão tímido
tão solene
e nenhuma sombra

ela pôde sorrir
depois de tanto tempo
e esperar pelo amor que prometera
vir

(scs, 18914)

Print Friendly, PDF & Email

A impressão de sua alma a esse poema: