sem título

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

mesmo à meia-noite
seu sorriso era infantil
e despojado de anseios,
mas não falava de sua alma,
não sofria as saudades imensas –
repousava a mão sobre o colo
num aceno sem sentido,
despedindo-se dos suspiros,
da abafada angústia das manhãs.

e sorria.

(scs, 31714)

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×