reencontro

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

é tão lindo o reencontro do papel com a pena
entregam-se loucos sem medo
desatinados de mútua paixão
como se todo o tempo do mundo
permanecesse insone em cada letra
e o tempo que não se cronometra
se esconde em cada rabisco profundo
que se entalha numa nesga de coração
gritando o silencioso segredo:
querem-se tanto, pois a vida não é pequena

(scs, 15616,9918)

Print Friendly, PDF & Email

A impressão de sua alma a esse poema:

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×
%d blogueiros gostam disto: