Quinta

A quinta é uma nova forma poética, idealizada em 23 de dezembro de 2019 pela educadora e escritora aldravista Andréeia Donadon Leal. É uma poesia de cinco versos, com os quatro primeiros com dois vocábulos e o último univocabular. O segundo verso rima com o quinto. Poemas com outros jogos de rima não é quinta.

A proposta é uma variante da quintilha ou quinteto.

Há um grupo de poetas quintanistas no Face.

É mais uma forma poética que abraço. Logo, aqui na Pluralma, também haverá desses frutos.

Abraço!

mais

preciso poetar mais
a vida anda muito engasgada
na ponta da pena
anseios e assombros
não se entregam se não
sangrarem tinta
muitas paisagens se perdem só nos olhos
os sonhos desneblinam-se ao amanhecer
– o mundo é menor que as sílabas! –
só o poema pode guardá-los
vivos e tenros (eternos?)