eu

E eu nem supunha
encontrar-me em
mim.

Quanto à vida,
ela me vive há tempo que…
melhor deixá-la assim,
pensando viver sem mim.

(mc, 30109)

(fonte da foto)

Print Friendly, PDF & Email

A impressão de sua alma a esse poema: