chove

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

chove
o medo
encharca
a grama

chove
a tristeza
lava
o pátio

chove
a saliva
umedece
tua perna

chove
uma doçura
desce
do céu

chove
as lágrimas
molham
as mãos

chove
as nuvens
transmutam-se
em luzes

chove
o desespero
afoga-se
em lágrimas

chove
um mundo
some
em lama

(mc, 1110)

Print Friendly, PDF & Email

A impressão de sua alma a esse poema: