Monthly Archives: dezembro 2011

15

aldravio
palavras
aldrávicas:
loucas
aldravices
serenas

31 dez 2011

14

havia
beijos
ao
fim,
sem
fim

31 dez 2011

13

Aldraviano
Campos
Fortes,
poeta
sonhador
contumaz

31 dez 2011

12

toda
mentira,
na
internet
é
verdade

31 dez 2011

11

monstros
destruindo
Tóquio:
memórias
de
infância

31 dez 2011

10

não
enviei
condolências;
preferem
minha
ausência

31 dez 2011

9

um
piquete
desalmado:
QUERO
CONTINUAR
IGNORADO!

31 dez 2011

8

outro
dia
chuvoso:
saudoso
sorria
Juvenal

31 dez 2011

7

a
luz
acende:
fantasmas
fogem
nus

31 dez 2011

6

demasiado
cedo
foi
avaliado:
medo
dói

31 dez 2011

%d blogueiros gostam disto: