Tag Archives: adeus

sem título

ouvindo a sussurrada canção
no meio da manhã
escapou-me um sonho das mãos
e, sem receio,
um adeus

(sd)

20 fev 2017

203


Deus
!
adeus,
deuses
!

27 abr 2014

sem título (janisse nunes)

Ah, teus olhos cegos
não podem ver a Deus.
Ateus, olhos cegos,
não podem ver a Deus…
não podem ver… adeus!

26 nov 2012

ontem

Foi quando anoiteceu:
aquele fogoso abraço
que era doce e só meu
esfriou, ficou sem gosto
e, por fim, morreu.

18 set 2012

98

o
aceno
continuou
parado
no
adeus

30 jun 2012

ah!

adeus
à dor.
ah, meu
amor!

02 out 2011

Bosque

não havia na dor o adeus
só uma lembrança
um suspiro impensado
e no gesto apagado
não havia mais o sopro
nos cabelos molhados
somente do sonho
a sensação do fim
e a paisagem, o bosque
se desvanece e
fica o toque, a marca
dos dedos delicados
e os passos vão se afastando
sem pressa
levando consigo o aroma
a presença que não está.
sopra um vento suave nas folhas

(scs, 21710)

30 set 2010